Pular para o conteúdo principal

Record pretende retirar conteúdo da Igreja Universal em 2009

O vice-presidente comercial da Rede Record, Walter Zagari, disse nesta terça-feira (11/11), durante 22º Prêmio Veículos de Comunicação da revista Propaganda, em São Paulo, que a emissora vai iniciar um processo de retirada dos programas da Igreja Universal do Reino de Deus de sua grade a partir do ano que vem.

A idéia, apresentada pelo próprio bispo Edir Macedo, é que a programação religiosa da IURD, bem como eventuais horários vendidos a outras denominações, sejam extintos a partir de junho de 2009, conforme reportagem do Propmark. A matéria diz que "a transição vai durar cerca de um ano".

Oficialmente, a igreja arrenda os horários para exibir suas produções na Record. Até mesmo o tradicional "Fala Que Eu Te Escuto" se enquadra nessa condição, ainda que funcione muitas vezes como espaço para exposição de idéias e convicções da igreja - e da TV - sobre temas polêmicos considerados inadequados para discussão nos programas jornalísticos "seculares".

Por exemplo: na madrugada do dia 08 de outubro, dois dias após o primeiro turno das eleições municipais, o tema escolhido da atração foi "Por que em alguns casos a imprensa é tendenciosa?". O colunista do jornal eletrônico sul-mato-grossense CapitalNews.com.br, Marco Eusébio, informou que "a Universal usou vídeos com ex-jornalistas da Globo, como o repórter Rodrigo Viana e Paulo Henrique Amorim, para acusar a emissora dos Marinho de ter manipulado o resultado da eleição entre Lula e Collor, de poupar Jose Serra no caso do dossiê (apesar de veicular denúncias contra o governo Lula) e de uma série de outras artimanhas políticas, inclusive de obter privilégios da Polícia Federal a repórteres da Globo em 'furos' como a prisão de Flávio Maluf, filho de Paulo Maluf, em que o repórter César Tralli aparece até usando boné de agente federal na reportagem".

Na ocasião, o motivo das denúncias seria o favorecimento da candidatura de Fernando Gabeira (PV) sobre o bispo Marcelo Crivella (PRB), sobrinho de Edir Macedo e representante de partido ligado à IURD. O tema do programa serviu como suporte para a campanha do jornal Folha Universal contra a Globo, que trouxe na mesma semana a manchete "ELEIÇÕES 2008 - Família Marinho em Campanha", ao mesmo tempo em que questionou a credibilidade do jornalismo da principal concorrente da Record.

Caso confirme a decisão de retirar os programas religiosos da grade, ambas terão prejuízos (no sentido literal da palavra). Em prejuízos diretos, a Record perderá uma receita anual de R$ 300 milhões arrecadados com a venda dos horários, e a Universal sua principal vitrine na conquista de novos fiéis - e, convenhamos, se exposição na mídia não desse dinheiro não teria igreja por aí bancando 22 horas por dia em rede de televisão. Em prejuízos indiretos, a perda de espaços como o citado desfavoreceria ambas.

Supondo que a Record mantenha a intenção de eliminar o conteúdo da IURD, resta saber que veículo(s) vai usar para a Igreja Universal. É bem provável que venha uma expansão da hoje modesta Rede Família. Seria a melhor opção para a Record, que ficaria ainda mais competitiva (e, aí sim, a caminho da liderança). Mas quem daria lugar para essa Rede Família menos modesta?

SAIBA MAIS
http://www.propmark.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=49102&sid=4
http://www.capitalnews.com.br/ver_col.php?artigo=lista&idCol=205&idArt=578&nomeCol=Marco%20Eus%C3%A9bio&cat=Colunistas

Comentários

  1. Acho que isto pode te interessar:

    http://radiobaseurgente.blogspot.com/2008/11/por-jorge-vinicius-depois-da.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…