Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Jornal do Brasil comemora 120 anos com evento na ABL e edição especial

O Jornal do Brasil completou 120 anos no último dia 9. A data foi comemorada oficialmente nesta quarta-feira (27), em solenidade na Academia Brasileira de Letras.

A escolha da ABL foi justificada porque ela, seis anos mais jovem, contribuiu com importantes colaboradores na história do JB, como Manuel Bandeira, Otto Lara Resende, Barbosa Lima Sobrinho, Josué Montello e Arnaldo Niskier.

Na data do aniversário, o JB publicou edição especial com 65 páginas que, além de aproveitar a deixa para classificar o fim da versão impressa como "grande salto para o modelo digital", trouxe artigos, depoimentos e matérias sobre a história do jormal e sua importância ao longo do tempo, fotos de arquivo, frases históricas de personalidades e as capas mais marcantes na opinião dos leitores.

A capa mais votada, com 17%, foi a do impeachment de Fernando Collor, em 1992, seguida pela da morte de Ayrton Senna (14%), a do comício das Diretas Já (10%) e a do AI-5 (10%). Todas estão disponíveis no site e…

A função social da novela do SBT

A nova novela do SBT, "Amor e Revolução", tem sido alvo de críticas negativas desde sua estreia, há pouco menos de um mês. Os diálogos excessivamente didáticos e recheados de clichês são os problemas mais lembrados.

Um dos artigos mais "pesados", escrito por Fernando de Barros e Silva para a Folha do último dia 10, gerou réplica do próprio Tiago Santiago, publicada na edição deste domingo do mesmo jornal. O colunista da Folha tinha afirmado, entre outras coisas, que "Amor e Revolução" não prestava como obra de ficção e nem tinha valia como documento histórico; Tiago Santiago citou as fontes que usou para embasar a pesquisa sobre o regime militar e defendeu a produção e direção da novela - tendo o bom senso de não comentar as críticas com relação ao texto.

Independente dos elementos que mereçam ou não crítica, quero reproduzir o trecho de um dos textos que menciona um aspecto positivo da novela que quase ninguém cita e que é, na minha opinião, a maior - ou ú…

Entidades lançam campanha pela democratização da Banda Larga

O Brasil está em um momento chave nas discussões de políticas para banda larga. Ministério das Comunicações e Anatel negociam com as empresas de telecomunicações as condições para implementação do Plano Nacional de Banda Larga, e os contratos das empresas de telefonia serão renovados até o final de junho.

Frente a esse quadro, a sociedade civil se organiza. No dia 25, será lançada em cinco capitais a campanha "Banda Larga é um direito seu! Uma ação pela banda larga barata, de qualidade e para todos". Ao mesmo tempo, 41 entidades divulgaram texto em que criticam a negociação do governo com as empresas de telecomunicações.


Campanha "Banda larga é um direito seu!" será lançada no dia 25/04

Entidades criticam negociação do governo com as teles


Assista ao vídeo que explica a campanha:


Mais informações no site campanhabandalarga.org.br

Cultura FM estreia jornalístico com Alexandre Machado

Estreou nesta segunda-feira (18) na Cultura FM (103,3 MHz - São Paulo) o jornalístico "Começando o Dia", com Alexandre Machado. O programa mistura notícias de política, economia, cultura, sustentabilidade e comportamento com música erudita e vai ao ar de segunda a sexta, das 8h às 9h.

"Começando o Dia" é, de certa forma, uma releitura do "Diário da Manhã", apresentado por Salomão Schvartzman por quase oito anos e extinto no início da gestão de Paulo Markun na presidência da Fundação Padre Anchieta. Segundo matéria do Portal Imprensa publicada na época, o "Diário da Manhã" era o programa de maior audiência da rádio.

O anúncio de estreia do "Começando o Dia" segue os moldes da nova identidade visual da TV Cultura, desenvolvida pela agência Almap.


Com a colaboração de Gregori Pavan (@gregoripavan).

EBC melhora qualidade do som de rádios na Internet

As rádios da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) estão com streaming de áudio de melhor qualidade. As emissoras podem ser ouvidas no www.ebc.com.br/canais-ebc/radios.

A EBC administra as rádios Nacional AM de Brasília, Rio de Janeiro, Alto Solimões e Amazônia; Nacional FM de Brasília, e MEC AM e FM do Rio de Janeiro. Dessas, apenas a Rádio Nacional do Alto Solimões não tem o áudio disponível na rede.

A má qualidade do som era o maior empecilho para os ouvintes das rádios da EBC pela Internet. Até um ano atrás, a Nacional do Rio de Janeiro lembrava, sem exageros, uma AM mal sintonizada em um radinho de pilha. Depois, todas "padronizaram" um chiado que tomava o lugar do som em um dos canais.

Um streaming de qualidade na Internet sempre foi - ou deveria ser - interessante para as rádios tradicionais, já que a Internet diminui a força das limitações geográficas, aumentando o público potencial das emissoras. Mas tem se tornado ainda mais relevante com a crescente popularização do ac…

Militares fazem abaixo-assinado para retirar "Amor e Revolução" do ar

Elenco de "Amor e Revolução", do SBT. Foto: Divulgação
Por Rafaela Santos, para O Globo:

Um abaixo-assinado criado por militares da reserva da Aeronáutica, disponível no site militar.com.br, pede a retirada do ar de "Amor e Revolução", novela escrita por Tiago Santiago e exibida no SBT. O autor da mobilização, José Luiz Dalla Vecchia, alega que o folhetim pode colocar a população contra as Forças Armadas. A trama gira em torno da ditadura militar (1964-1985) no país e retrata a perseguição política contra os militantes de esquerda da época.

Até o início da manhã desta quinta-feira, a ação tinha sido assinada por aproximadamente 400 pessoas. No texto de abertura do abaixo-assinado, os reservistas insinuam que a novela parece ser um acordo firmado entre o proprietário da emissora, Silvio Santos, e o governo federal por meio da Comissão de Verdade para quitar as dívidas do Banco Panamericano que pertencia ao apresentador e foi recentemente negociado por R$ 450 milhões.

Da…

A morte de Serginho Leite

Raramente escrevo aqui sobre a morte de alguma personalidade, mas é impossível não abrir uma exceção para Serginho Leite, um dos maiores nomes do humor na história do rádio brasileiro.

Entretanto, não sei se tenho algo a acrescentar perto do que já foi escrito por alguns dos blogs que acompanho. Prefiro, então, só deixar os links desses espaços e recomendar a leitura dos depoimentos, com os áudios e vídeos disponíveis.

Morre Serginho Leite (por Rodney Brocanelli, no Radioamantes)

Serginho Leite: quem tanta alegria transmitiu, agora nos faz chorar (por Marcelo Abud, no Peças Raras)

Adeus, Serginho Leite (por Rosana Hermann, no Querido Leitor)

A morte de Serginho Leite (por Luís Nassif)

Morreu Serginho Leite (por Marco Ribeiro, no Rádio Base)

Saudades: Serginho Leite na Praça é Nossa 2008 (Rádio Base)

Serginho Leite no Jô Soares Onze e Meia (Rádio Base)

O Show tem que continuar (Peças Raras)

TV Gazeta em contagem regressiva para a estreia da programação em HD

Nesta sexta, 8, a TV Gazeta incluiu a inscrição "HDTV" à sua marca d'água no canal digital de São Paulo, em substituição ao "Digital" anterior. A alteração é parte dos últimos preparativos para a estreia da programação da emissora em alta definição.

Marca d'água da TV Gazeta com a antiga inscrição "Digital" e com a nova "HDTV". O logotipo foi sutilmente alterado.
No sábado passado, foram exibidas as primeiras edições do "Gazeta Shopping" em HD widescreen (16:9), além do programa de auditório "Festa Popular", que estreou na nova tecnologia. Mas foram os únicos: até o "Todo Seu" de Ronnie Von, anunciado várias vezes como o primeiro a ser exibido em HD, continua em SD.


Assinatura do "Gazeta Shopping" em HD e screenshot do "Todo Seu" em SD
A Fundação Cásper Líbero vem investindo na modernização dos equipamentos da TV há um ano. Em julho do ano passado, Flávio Ricco publicou que a Gazeta tinha adq…

RBTV anuncia nova programação e confirma canal digital em SP

João Leite Neto, Heaven Delhaye, Michelle Ritzmann e Claudia Carla: apresentadores dos novos programas "18 Horas", "Heaven's Kitchen", "Dra. Ritz" e "On Line", da RBTV.
A Rede Brasil de Televisão (RBTV) anunciou sua nova programação, que estreia ao longo deste mês. Depois da inauguração do canal analógico próprio na Grande São Paulo, a ideia é reformular atrações existentes e ampliar as produções nacionais. A emissora também confirmou o canal 56 digital em São Paulo, previsto para entrar no ar ainda em 2011.

Segundo a assessora de comunicação da RBTV, Graciana Feitosa, entre os programas reformulados estão o "Rede Brasil Notícias", que retorna com novo formato e nova âncora, Andrea Pujol, e o "Manhã Criança", que reestreia com quadros inéditos e apresentação de Andrezza Baltrukonis. O feminino "A Tarde é Show", de Nani Venâncio, iniciou nova temporada nesta segunda.

Além das reestreias, estão confirmados os novos p…