Pular para o conteúdo principal

Brasil 2000 (também) pode ter futebol em 2009

A defasagem de posts desse blog nos últimos dias fez com que tenha lido o artigo do Radio Base indicado pelo Rodney Brocanelli nos comentários do post da quarta-feira passada, mas não tenha comentado. O link indicado reproduz texto do narrador esportivo Jorge Vinicius sobre a suposta inclusão da Brasil 2000 FM (atual 107 FM - eles têm dito mais esse nome ultimamente - na rede retransmissora da Eldorado/ESPN. Apesar de já fazer uma semana, não é notícia velha. Vamos ao texto (com grifos meus):

Depois da Transamérica, CBN, Bandeirantes, 105 FM e Jovem Pan, vem aí ao que tudo indica mais dois novos prefixos transmitindo futebol pela faixa da frequência modulada no ano de 2009 em São Paulo.
A Expressão FM - 106,9 - já está com boletins esportivos diários, preparando as últimas contratações e as jornadas esportivas para o mês de janeiro, com o Paulistão-09.
A grande novidade do momento é a antiga Brasil 2.000 FM - hoje 107,3 - começar as atividades esportivas também no mês de janeiro do próximo ano. O comentário nos bastidores dos estádios é forte. A Espn/Eldorado continuaria sua ação avassaladora na formação de uma grande rede de rádios no Brasil, e ao que tudo indica, a nova parceira seria a 107,3 Mhz de São Paulo. A ótima equipe da Eldorado/Espn deveria ter começado a retransmitir sua programação esportiva do AM no FM paulistano nos jogos do Brasil pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2.010 neste segundo semestre, operando em conjunto com a Eldorado FM, mas a idéia foi abortada pela direção das emissoras para não misturar o estilo de programação e seu segmento. Vamos aguardar agora a divulgação oficial nos próximos dias desta grande parceria. Se desta vez não houver nenhum empecilho de última hora, a dobradinha entra pra valer no Paulistão-09. Aliás para quem depende do mercado publicitário - leia-se faturamento - através de audiência, vale lembrar que para o anunciante vale a soma dos números do AM com o FM, afinal a transmissão é a mesma, a publicidade é idêntica, mas o público é diferente, significando uma maior abrangência. A formação de uma rede de rádios já é uma realidade faz tempo no nosso país. A Eldorado já conta com algumas afiliadas, e agora com a cobertua esportiva com a grife ESPN a tendência nos próximos meses é desta quantidade de emissoras afiliadas triplicar em um curto período.
Enquanto esta novela chamada "Rádio Digital no Brasil" não entrar pra valer com seu final feliz e começar a operar de verdade no nosso território, esta é a solução para a junção perfeita de qualidade humana profissional com perfeição de qualidade de som. O rádio esportivo no AM é para os mais românticos, os mais tradicionais ouvintes, aqueles também da quase falecida infelizmente Ondas Curtas e Tropicais. O rádio esportivo em FM é para o público mais jovem que acostumou a ouvir somente FM, para o ouvinte em trânsito, que através do rádio do carro, do celular e do mp 3, nunca descobriu ou teve a oportunidade de sintonizar o rádio em Amplitude Modulada (AM).
Ficamos no aguardo e torcendo para o rádio esportivo ganhar mais este espaço no FM com a equipe Eldorado/Espn retransmitindo as jornadas esportivas nos 107,3 Mhz em São Paulo.

Antes de mais nada, tudo que envolve a ex-Brasil 2000, pra mim, passa por aquele filtro São Tomé/Silvio Santos ("eu só acredito... vendo!!!"). Já disse aqui que gato escaldado tem medo de água fria, mas não acho improvável o Campeonato Paulista ser exibido também pela emissora em janeiro, até porque a transmissão das jornadas esportivas da Eldorado/ESPN em 107.3 MHz não significaria necessariamente a extinção da atual programação. Seria como o período em que a então Brasil 2000 retransmitia o jornalismo da Rádio Bandeirantes entre 6h e 9h.

Qualquer novidade é alguma coisa para a Brasil 2000, chamada outro dia de "coisa inexpressiva" pelo homem-enciclopédia Roberto Maia nos comentários do mesmo blog sobre post que lembrava o fim do "Garagem". Mas é uma novidade que não gostei! Ao contrário do narrador da Record, não acho que as novas gerações só ouvirão transmissões esportivas se elas forem em FM. Pra mim isso é desculpa para a "aemização do FM" que vêm tentando matar, há alguns anos, o AM. Nunca achei que futebol parecesse com FM, e acredito que a queda de popularidade da rede Transamérica Pop tem muito a ver com esse excesso de programação esportiva.

Um trecho do texto que reforça isso deve ser ressaltado: quando se cogitou uma dobradinha entre Eldorado AM e FM, "a idéia foi abortada pela direção das emissoras para não misturar o estilo de programação e seu segmento". E na Brasil 2000, mesmo inexpressiva, não tem mistura?

O que me espantou nessa história toda foi ver que não sou o único que não vibra com o excesso de esporte no rádio. Todos os comentários enviados ao post do Radio Base até agora foram negativos e geraram até um outro post do Marco Ribeiro dizendo que os únicos programas esportivos que valem a pena estão nas rádios Jovem Pan, Bandeirantes e Globo, e que "o resto é armazém de secos e molhados, como diria Millor Fernandes"! Será que foi coincidência ou isso não agrada tanto assim ao ouvinte de FM? As rádios que apostam cegamente em esporte deveriam ter essa resposta na ponta da língua... Será que têm?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…