Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

O novo site da CNT

Não é que ficou legal?

Agora tem vídeos com as chamadas de alguns dos programas e páginas específicas para cada um deles, divididos por categoria. Nada que não exista no site de qualquer outra emissora, mas é tudo que não existia no site da CNT!

Foi a segunda mudança desde o fim da parceria com a Gazeta, em 2000 - sendo que a última versão entrou no ar em 2007, com o lançamento da TVJB (época em que as únicas referências à CNT na programação eram a marca d'água nos programas da TVJB e um "Transmissão: CNT" no final dos créditos de cada atração).

Destaque para uma estreia que ainda não foi anunciada: "Marcia Peltier Entrevista". A jornalista "vai conversar com personalidades, autoridades e celebridades do mundo artístico, cultural, político, empresarial e social" nas noites de terça-feira. O programa será gravado no hotel Copacabana Palace.

O endereço é o mesmo: http://www.cnt.com.br/

Governo barra multiprogramação na TV digital

Saiu ontem na coluna do Daniel Castro na Folha:

O governo federal editou ontem norma que proíbe as redes comerciais e as emissoras públicas estaduais de emitirem multiprogramação em suas frequências digitais. Isso impede que um canal digital seja dividido em quatro, sem perda de qualidade dos sinais, uma das vantagens da nova tecnologia.

O ato, assinado pelo ministro Hélio Costa (Comunicações), atende a interesses das grandes redes privadas, que não querem a concorrência de novos canais. Mas prejudica grupos como o Abril, que pretendia transmitir os canais Fiz e Ideal, hoje só na TV paga, nas frequências abertas da MTV.

A norma 001/2009 também impede que a TV Cultura leve adiante projeto de uma universidade virtual paulista. O documento estabelece que "a multiprogramação somente poderá ser realizada nos canais [...] consignados a órgãos e entidades integrantes dos poderes da União". Ou seja, apenas TV Brasil, TV Senado, TV Câmara e TV Justiça poderão se dividir em quatro canais…

Falando em site...

A Rede Mundial (ex-CBS) trocou o nome da sua TV Mundial para Tupi, como foi falado aqui na semana passada, mas manteve a página em construção da TV Mundial. Hoje, a página foi removida e o domínio rmctv.com.br saiu do ar. Pode ser que venha mais novidades por aí.


Em tempo: já que pesquisar a base de dados do site Registro .br é bem fácil, resolvi fazer uma busca para ver se o pessoal do Paulo Abreu já tinha reservado algum domínio que fizesse referência à pioneira para a "nova" TV. Ainda não tem nada.

Para não "perder a viagem", segue o que encontrei no site, para quem quiser conferir:

O registro rmctv.com.br está em nome da Cbs Administração e Gestão Ltda (CNPJ 05.312.329/0001-01) que possui, além desse, os seguintes domínios: amdacidade.com.br, radioapollo.com.br e superchipcbs.com.br.

Em nome da CBS Comunicação Brasil Sat Ltda (CNPJ 00.131.919/0001-14) estão os domínios: agenciamundialdenoticias.com.br, alfafm.com.br, alphaempreendimentos.com.br, alphalaboratorios.c…

CNT prepara "portal" na internet para 28/02

Quem visitou o site da CNT hoje viu uma novidade parecida com o que há no domínio da ex-Brasil 2000 FM - assunto comentado aqui. A rede paranaense trocou o seu péssimo site por uma mensagem de manutenção, mas prometeu um novo "portal" para o próximo sábado, 28. Veja a reprodução:


Vamos ver o resultado na data prometida, mas é difícil ficar pior do que estava. Pena que eu não guardei um print screen do que havia no endereço até ontem para poder comparar.

Ainda sobre a CNT, chamou a atenção uma pergunta sobre a Play TV feita hoje num chat entre usuários do UOL e o jornalista Ricardo Feltrin. Aos 12:54 no vídeo ao lado, um usuário pergunta o que houve com o canal; Feltrin responde que "acabou o contrato entre a Band e a Play TV", mas completa, sem mais detalhes, que o grupo responsável está "fazendo uma parceria com a CNT".

A transcrição do chat no "Ooops!" (UOL Notícias) não menciona a parte sobre a CNT. Pode ser que o jornalista tenha confundido o n…

Pra relembrar

Aproveitando o post anterior sobre os primórdios do FM, resolvi colocar algumas amostras de vinhetas e chamadas de algumas das emissoras citadas.

Tem coisa aí que não me lembro porque ainda não ouvia rádio. Nesse ponto queria ser um pouco mais velho - até porque não daria pra ter começado a ouvir rádio muito mais cedo do que com cinco anos!

JOVEM PAN
Vinhetas dos anos 80

Get this widget Track details eSnips Social DNA

CIDADE
Vinhetas dos anos 80 e 90

Get this widget Track details eSnips Social DNA

TRANSAMÉRICA
Anúncio comemorando o sucesso das inovações que marcaram a história da emissora.

Get this widget Track details eSnips Social DNA

MANCHETE FM
Vinhetas de 1984

Get this widget Track details eSnips Social DNA

Vinheta "Top of The Hour" - usada até o final do período em que esteve com a família Bloch, antes do arrendamento para a igreja Renascer.

Get this widget Track details eSnips Social DNA

Todos os arquivos fazem parte do acervo do aimore.org, já indicado aqui. Tem muito mais cois…

Eu, rádio, blog, marketing etc.

Ia escrever no Twitter, mas quis comentar mais e aqueles 140 caracteres não dão pra nada algumas vezes. Li hoje um artigo do Luiz Henrique Romagnoli no Rádio Agência e coloquei o link lá. E coloco aqui também, no mesmo TinyURL: http://tinyurl.com/akrbwo

Comentei, ainda no Twitter, que comecei a ouvir FM com 5 anos, mas peguei uma FM mais consolidada do que a do começo da década de 80. E que dá muita saudade!

Não sei se é porque sempre gostei de rádio, mas imagino que quem ouviu Transamérica, Cidade, Manchete, Jovem Pan e - por que não? - Metropolitana, nos anos 80 - e em parte dos 90, também - não tem como não gostar de rádio! Não me lembro muito bem da Bandeirantes pré-Band FM, que tanta gente elogia, mas todas essas que citei eram ótimas. Cada uma tinha uma plástica própria bem definida, com vinhetas e chamadas que até hoje ficam na cabeça (quem gosta de rádio e ouviu a Cidade não tem como esquecer das suas vinhetas).

Acho o rádio de hoje mais pasteurizado. Não é necessariamente ruim, …

Conheça as vencedoras do Troféu Mulher Imprensa

Da newsletter do Portal Imprensa:


"Troféu Mulher Imprensa" divulga as vencedoras de sua quinta edição

Nesta quarta-feira (18), o "Troféu Mulher Imprensa" - realizado pela revista e portal IMPRENSA, com parceria de Maxpress, Aberje e apoio O Boticário - divulga as vencedoras de sua quinta edição. A primeira fase do prêmio consistiu em um colégio eleitoral no qual jornalistas de todo o Brasil indicaram, por livre escolha, as mulheres que tiveram mais destaque em 2008, em cada uma das categorias listadas.

Neste ano, o troféu premia 13 categorias. Doze delas estiveram por um mês - de 15/01 a 15/02 - abertas à votação popular. Já a 13ª é especial, na qual a redação da revista e do portal IMPRENSA, a Aberje e o Maxpress, escolherão uma jornalista para ser homenageada. Seu nome será revelado apenas na festa de entrega dos troféus comemorativos.

Nesta edição, o prêmio superou a marca de 27 mil votos, sendo que cada e-mail cadastrado pôde votar apenas uma vez em cada categoria.…

Está no ar a TV Tupi!

Quem imaginou que nunca veria a TV Tupi, se enganou. Infelizmente, não se trata da volta da pioneira, mas da consolidação de um boato relativamente antigo: a transformação da TV CBS em TV Tupi.

De acordo com informações de Wladimir Rudovas, postadas na comunidade da TV Tupi no Orkut - na comunidade da "verdadeira" -, desde 03 de fevereiro a TV Mundial, ex-TV CBS, passou a se chamar Tupi TV. Ao fazer uma busca no Orkut, aparecem duas comunidades sobre "nova" TV Tupi: "TV-TUPI MUNDIAL. ÚNICA OFICIAL" e "COM OFICIAL- TV TUPI". No Google, achei um post do Vcfaz.net confirmando a mudança; o artigo sobre a TV Mundial na Wikipédia também confirma.

De Rede CBS a Tupi: três nomes e nenhuma programação
A programação continua a mesma: nada, só um vitrolão de clipes, como é desde quando tinha algum sinal no canal 52 em São Paulo.

O site da Rede Mundial de Comunicação continua em construção, com link para o site da TV Mundial, também em construção, onde não cons…

Especial: As pequenas notáveis da TV aberta

Enquanto redes de TV relativamente conhecidas como 21 e CNT alugam boa parte do dia para igrejas ou empresas de televendas - e num momento em que crescem os comentários sobre a possibilidade da mesma coisa acontecer na RedeTV! -, canais pequenos, com índice de "loteamento" na programação bem menor que o das redes citadas, passam quase que despercebidos pela maioria dos telespectadores. Nesse "lado B" da TV aberta, destacam-se duas emissoras: a Rede NGT e a Rede Brasil de Televisão.

A Rede NGT não é bem uma TV pequena. Possui um dos mais modernos centros de televisão do Brasil e foi a primeira TV brasileira a digitalizar todo o processo de produção. Esse vídeo institucional, de 2006, mostra um pouco da estrutura da emissora.


Já disse aqui uma vez que a NGT nunca teve uma grade própria que justificasse toda essa estrutura. Desde a inauguração, o que se viu no canal foi uma sucessão de altos e baixos, indo da transmissão com exclusividade na TV aberta da NBA, numa assoc…

MidiaClipping no Twitter

Conheci o Twitter no ano passado e me cadastrei, mas quase nem atualizei depois disso. Não via muita graça (por mais que conhecesse gente viciada no site), não sabia direito como me comunicar e ainda tinha preguiça de pesquisar pra aprender.

Nessa sexta-feira, sem nada pra fazer, resolvi personalizar o meu, e comecei a entender mais ou menos como funcionava.

Resumindo, passei a usar o meu e ainda fiz um só para o blog. E ta lá pra quem quiser seguir: http://www.twitter.com/midiaclipping. Lá e aqui do lado também.


Com o Twitter vou poder comentar mais coisas, mesmo quando não tiver tempo de postar aqui e, principalmente, quando tiver pouco a falar. Vamos ver o que dá!

Aproveitando a novidade, dei uma "reformada" no visual do blog – a primeira nesses nove meses de "vida". Veja o antes e depois:


E é isso! Ainda não sei usar o Twitter direito, só atualizo pela web. Ficaria feliz se alguém me ensinasse alguma das 1001 maneiras de atualizar, mas, se ninguém me ensinar, um dia…

Jornal de Ontem - Segunda Edição

Sabe aquela história do "jornal de ontem com notícias de anteontem"? Vem aí a edição especial de carnaval do Jornal do Brasil.


Isso me faz lembrar um ano em que a CNT anunciou o "Renascer Praise" (ou algum outro grande show da Igreja Renascer) como especial de fim de ano.

SAIBA MAIS
http://midiaclipping.blogspot.com/2008/12/quem-quer-comprar-o-jornal-de-ontem-com.html

Mais sobre a RedeTV!

Aproveitando o "gancho" do post anterior, deixo um artigo de Arthur Ankerkrone, publicado originalmente no blog da Francfort Comunicação. Aproveito para indicar o blog, que traz em primeira mão as novidades da empresa, além de informações sobre televisão. Depois eu comento o texto.

RedeTV!: justiça seja feita

Até por ter um passado profissional ligado à Rede Manchete, ouço frequentemente diversas críticas à programação da RedeTV!, em tese sua sucessora. Que a programação não se compara, que é um lixo, coisa e tal. Ouvi muita coisa nesse sentido em conversas, e também na internet, comunidades no
Orkut, e por aí vai.

Vamos concordar numa coisa: a RedeTV!, “a rede de TV que mais cresce no Brasil”, ou se preferir, “a rede de TV com o nome mais estranho do Brasil”, hoje em dia tem uma programação que não dá pra elogiar muito em relação à qualidade: não digo qualidade técnica, nesse aspecto, é uma das melhores emissoras do país, e a única
full HD. Mas na qualidade de conteúdo. Nisso,…

A televisão do ano 2016*

Desde o começo desse mês notícias sobre uma crise na RedeTV! têm se intensificado. O que começou com notas desmentidas pela direção da emissora foi aparecendo em outras ocasiões e em diversos veículos. E foi criando consistência.



Segundo a coluna Outro Canal (Folha de S. Paulo) de 30 de janeiro, os boatos de que a RedeTV! estaria à venda começaram em outubro e, "nos bastidores, circulou versão de que o pastor R. R. Soares estaria comprando 40%"; a coluna citou a notícia publicada em um blog de que o comprador estaria disposto a investir 500 milhões de dólares na empresa (achei o post no blog Todo Canal). O presidente da RedeTV!, Amilcare Dallevo, afirmou à Folha que a informação não passava de intriga, e que o boato havia sido criado por pessoas incomodadas com o sucesso da emissora, que tem crescido taxas de 35% e irá inaugurar "o mais avançado centro de TV digital do mundo".

Em 05/02, Ricardo Feltrin informou que a crise financeira mundial prejudicaria em especial …

Há 10 anos, a Musical FM abandonava a MPB

Texto de Rodney Brocanelli, do Rádio Base:

O final deste mês de maio trará uma efeméride que poucos deverão comemorar. É a transformação da Musical FM (105,7 Mhz) em uma rádio com programação eminentemente religiosa. A partir de 1993, a emissora passou a ser conhecida e admirada do público por voltar a sua programação musical para a Música Popular Brasileira. Segundo reportagem publicada à época pelo jornalista Roldão Arruda no jornal O Estado de S.Paulo, a Musical FM "foi vencedora de 3 prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte (...) Ajudou a lançar novos artistas, como Chico César, Vânia Abreu e Zeca Baleiro".

Ainda segundo a reportagem de Arruda, "a emissora teve em abril uma base de 30 mil ouvintes por minuto, de acordo com números do Ibope. Era uma audiência selecionada: 68% das pessoas pertenciam 'as classes sociais A e B'".

Vendo de fora, tudo era lindo e maravilhoso. Contudo, a emissora vivia uma crise interna e a venda de espaços publicitári…

Lula lá nos jornais de R$ 0,50

Lula no ano passado, quando aceitou proposta para ser colunista do jornal Meia Hora em 2011. Coluna pode aparecer não só no Meia Hora, com Lula ainda presidente.
No ano passado o presidente Luís Inácio Lula da Silva afirmou, em entrevista coletiva, que aceitaria ser colunista do jornal popular carioca Meia Hora, do grupo O Dia (fato comentado aqui). Por coincidência ou não, o Comunique-se publicou na semana passada que Lula "pretende criar uma coluna para ser distribuída aos jornais populares", chamada "O Presidente responde". A matéria comparou a iniciativa com a coluna do presidente venezuelano Hugo Chávez ("As linhas de Chávez"), e com o jornal estatal lançado na Bolívia por Evo Morales.

A ideia da coluna faz parte de outros projetos de comunicação do governo federal, que incluem "o lançamento do novo portal da Presidência e a reformulação do Portal Brasil, com a criação de um site para promover o país no exterior, e o desenvolvimento do serviço Fal…

Novos programas da TV Rá Tim Bum estreiam neste sábado; veja

Da Folha Online:

A partir deste sábado as crianças poderão assistir a estreias da TV Rá Tim Bum, canal de TV por assinatura, que é controlado pela Fundação Padre Anchieta.

Entre as atrações estão os programetes da série "Álbum da Natureza", o desenho "Os Eco Turistinhas" e a volta da série "Urbenauta". Veja, neste videocast, alguns trechos do programa.


O "Álbum da Natureza" vai ao ar todo sábado e domingo às 9h15, às 17h45 e às 20h10. A classificação indicativa é de 7 a 12 anos.

A atração é uma série de 13 episódios de cinco minutos, que mostra as características das mais diversas espécies da fauna brasileira. Os 13 programas da primeira fase do projeto mostrarão animais em extinção.

A série "Urbenauta" volta à grade da TV Rá Tim Bum e será exibida aos sábados e domingos, às 9h30, às 15h30 e às 18h30. Serão 13 episódios de 12 minutos. Os programas desvendam a cidade de São Paulo e divulgam sua realidade e histórias para os próprios paulista…

Novelas brasileiras têm impacto sobre os comportamentos sociais

Da Assessoria de Imprensa do BID, disponível no Observatório do Direito à Comunicação:

Famosas há muito por mostrar praias maravilhosas, personagens carismáticos e representações realistas da vida e das aspirações da classe média, as novelas brasileiras ajudaram a moldar as idéias das mulheres sobre divórcio e filhos de maneira crítica, segundo dois estudos recentes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Ambos os estudos analisam o papel da televisão e das novelas em influenciar mudanças significativas nas taxas de fertilidade e divórcio no Brasil nas três últimas décadas. As taxas de fertilidade no país caíram mais de 60% desde a década de 1970 e os divórcios aumentaram mais de cinco vezes desde a década de 1980. Durante o mesmo período, a presença de aparelhos de televisão teve uma elevação de mais de dez vezes, estando hoje em mais de 80% das residências.
As descobertas dos dois estudos, Novelas e Fertilidade: Evidências do Brasil, e Televisão e Divórcio: Evidências de Nove…