Pular para o conteúdo principal

Rápidas da Semana no Twitter (08/03 a 14/03/09)

MidiaClipping
DOMINGO (08/03)
  • O novo CQC vai lembrar ainda mais o Ernesto Varela: Folha Online


  • SEGUNDA (09/03)
  • A Folha se retratou sobre a "ditabranda". Portal Imprensa

  • E Alberto Dines comentou. Observatório da Imprensa


  • TERÇA (10/03)
  • Pelo menos Folha e Estadão falaram da multiprogramação da Cultura como uma afronta ao ministério das Comunicações.

  • E não é! O ministro falou que a multiprogramação vai ser regularizada... e a multiprogramação da Cultura está em caráter experimental.
  • Claudio Manoel, do "Casseta e Planeta", alfineta o CQC. Pra mim isso é um atestado de decadência! Estadão

  • "Cercar os caras em Brasília já era. (...) Vamos deixar isso com o CQC, que acha que é inédito". E o que é inédito no "Casseta", mesmo?
  • Estudo mostra que comercial de TV é mais eficiente do que na mídia impressa e Internet (mesmo com controle remoto). Coletiva.net

  • Falando nisso, a TV vai ter anúncios personalizados! 500 mil casas nos EUA vão testar a tecnologia. Coletiva.net


  • QUARTA (11/03)
  • Publicidade personalizada na TV ainda não existe, mas já vai ter no Google, a partir de hoje. Blue Bus

  • Marcelo Parada vai sair do Grupo Bandeirantes. Deu na coluna do Flávio Ricco. Vai fazer falta na BandNews FM.

  • P.S.: E o Augusto Nunes vai sair do Jornal do Brasil. Não cheguei a colocar no Twitter, mas li no mesmo dia no Portal Imprensa.
  • Você sabia que o uso de antenas parabólicas é ilegal? Elas deveriam ser usadas só pelas emissoras para transmissão do sinal às repetidoras. Luiz Carlos Azenha explica isso e outras bizarrices da lei brasileira de radiodifusão, num texto inspirado.

  • Falando em texto bom, segue link de um sobre a estratégia da Record, que cita até o boato do Record Sports. Broadcast Blog

  • Achei muito brega a "convocação em rede nacional" da Record no domingo, mas reconheço que eles souberam usar o "fale mal, mas fale de mim"!

    QUINTA (12/03)
  • O ex-gerente de conteúdo da TV Brasil diz que a TV pública "não tem foco, rumo, conceito ou propósito". Blog do Tas

  • E eu falei que a Cultura não tava "afrontando" o Minicom, mas parece que estava! O ministro pediu para que os canais fossem retirados do ar. Portal Imprensa


  • SEXTA (13/03)
  • A RedeTV! tem uma programação com "qualidade de TV a cabo"! Pelo menos foi o que disse o Marcelo Carvalho. Propmark

  • Além disso, a RedeTV! cresceu 25% em janeiro e fevereiro de 2009, comparado com o mesmo período de 2008! Tudo isso por causa da "programação alternativa que atinge com qualidade as classes A,B e C".
    Depois disso ele só pode ter contado algum causo dele com o Papai Noel.

  • A questão da TV Cultura com o Ministério das Comunicações, sem o sensacionalismo dos grandes jornais. Tela Viva


  • Siga o MidiaClipping no Twitter

    Comentários

    Postagens mais visitadas deste blog

    Relembrando a Líder FM de São Paulo

    Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

    De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

    Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

    Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

    Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

    Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

    Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

    O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

    Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

    Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

    Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

    Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


    GLOBO

    Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


    Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…