Pular para o conteúdo principal

Rápidas da Semana no Twitter (06/09 a 12/09/09)

MidiaClipping
SEGUNDA (07/09)
- O bom desempenho do SBT na guerra de audiência do domingo, no blog TV x TV.
- Morre o jornalista esportivo Rui Viotti. Do Blog da Magaly Prado, com informações do JB Online.
Rui Viotti foi a primeira pessoa a anunciar o "novo nome" da Rede Manchete, em 1999. Foi numa partida de tênis que, depois de meses sem nome, foi anunciado o nome "RedeTV!".
O Rádio Base registrou a perda de Rui Viotti e contou algumas de suas histórias profissionais.
- Do Observatório da Imprensa: "Para desinterditar o debate sobre radiodifusão pública".
- CNT estreia nova programação. A principal novidade é a inclusão de mais um horário para novelas mexicanas.
O número de horas vendidas por dia continua o mesmo, com uma mudança de locatários: o "Show da Fé" do missionário R. R. Soareas foi "trocado" pelo Apóstolo Valdomiro Santiago, da Igreja Mundial. "O Poder Sobrenatural da Fé" ocupa 08 horas por dia na nova grade (das 05h às 09h e das 17h às 21h).

- Sobre o "novo" domingo na TV (da série "uma imagem vale mais que mil palavras"):

MidiaClipping
"Domingo Legal" e "Programa do Gugu"; "Eliana" e "Tudo é Possível". Imagem publicada originalmente no Parabólica JP.

TERÇA (08/09)
- Temporal deixa o prédio da TV Brasil em São Paulo debaixo d'água. Canal 1
- Falando em chuva, "no tempo da Erundina, enchente tinha dono". Vale a pena (mesmo para os antipetistas) ler, no Vi o Mundo, o artigo sobre o tratamento que a grande mídia dá ao PSDB/DEM nas famigeradas enchentes da Grande São Paulo.
"O PT é um partido sem mídia. O PSDB é uma mídia com partido." (A primeira parte não é 100% verdade, mas a segunda parte é).

QUINTA (10/09)
- Mais novidades da CNT: depois da estreia das novas novelas da Televisa, a partir da próxima segunda o programa "190" passa a integrar a programação da rede, de segunda a sexta, às 12h (antes do "Notícias e Mais"). Provavelmente com apresentação de Roberto Aciolli.
- Record prepara minisséries bíblicas. Canal 1
- Do Meio&Mensagem: "MTV confirma inserção do Fiz TV em sua grade".

SÁBADO (12/09)
- Do Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro: "Rádio Globo de olho nos 89,3".
- Do TV x TV: "Por que a Record é vice líder".
- Felipe Xavier sobre o "Dr. Pimpolho" Tutinha, em entrevista para o Rádio Agência: "é um craque, um dos caras que mais entende de radio no Brasil".
Como diria o Karnak, "o mundo muda/a gente muda".
- Rumor sobre fim do Jornal do Brasil é "especulação leviana", segundo Eduardo Jácome, CEO da CBM. Propmark

Siga o MidiaClipping no Twitter

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…