Pular para o conteúdo principal

A televisão do ano 2016*

Desde o começo desse mês notícias sobre uma crise na RedeTV! têm se intensificado. O que começou com notas desmentidas pela direção da emissora foi aparecendo em outras ocasiões e em diversos veículos. E foi criando consistência.



Segundo a coluna Outro Canal (Folha de S. Paulo) de 30 de janeiro, os boatos de que a RedeTV! estaria à venda começaram em outubro e, "nos bastidores, circulou versão de que o pastor R. R. Soares estaria comprando 40%"; a coluna citou a notícia publicada em um blog de que o comprador estaria disposto a investir 500 milhões de dólares na empresa (achei o post no blog Todo Canal). O presidente da RedeTV!, Amilcare Dallevo, afirmou à Folha que a informação não passava de intriga, e que o boato havia sido criado por pessoas incomodadas com o sucesso da emissora, que tem crescido taxas de 35% e irá inaugurar "o mais avançado centro de TV digital do mundo".

Em 05/02, Ricardo Feltrin informou que a crise financeira mundial prejudicaria em especial a RedeTV!, e apurou que estava planejado um "megacorte de gastos em todos os níveis", com expectativa da "demissão iminente de quadros". O jornalista explicou que a situação se agravou porque a crise "contaminou o mundo" num momento em que a emissora havia investido pesado na construção da nova sede de Osasco, e completou: "uma das soluções discutidas nos últimos dias (...) é também a mais óbvia: redução de programação própria até o limite permitido, substituindo tudo (...) por horários pagos. Afinal, o que não falta nunca é gente que quer aparecer e faturar". Confira o vídeo completo de Ricardo Feltrin:


E a repercussão continua: em 06/02 Fabíola Reipert publicou em sua coluna que, além da ameaça de corte de funcionários, mudanças na cúpula da RedeTV! teriam deixado o clima tenso nos bastidores. O site NaTelinha comparou os problemas da emissora à crise enfrentada pela Rede Manchete em 1999. No mesmo dia, o Estadão publicou que o programa "Pânico na TV!" estaria "na mira de outras emissoras" devido a má saúde financeira do canal.

Daniel Castro informou que existem atrasos nos salários e confirmou que a equipe do "Pânico", cujo contrato termina em dezembro, poderá sair da RedeTV! antes disso, porque "os atrasos nos pagamentos abrem brechas para rompimento contratual sem multa". Flávio Ricco disse, em 07/02, que os atrasos passam de três meses no departamento de jornalismo, e a coluna Zapping de 10/02 disse que "tem gente ameaçando sair e romper o contrato antes do vencimento" pelo mesmo motivo.

A direção do canal continua desmentindo as notícias. Não sei se "onde há fumaça, há fogo", mas sei que existe cada vez mais fumaça. Há quem festeje a crise na RedeTV! pela eterna comparação com a Manchete, mas o cenário atual na televisão faz o assunto ser somente triste. Chega a ser fora da realidade imaginar que uma possível falência da RedeTV! faça com que seja aberta concorrência para assumir as concessões - e que nessa concorrência só participem grandes grupos bem-intencionados, fazendo outra rede surgir com uma programação melhor.

Duas coisas são prováveis de acontecer se a crise for agravada: a programação ser loteada, como a CNT foi durante os últimos anos (e ainda é), ou a rede ser vendida para alguém com muito dinheiro, como o missionário R. R. Soares. Na primeira hipótese, o apóstolo Valdemiro Santiago poderia levar seus R$ 5 milhões mensais da Rede 21 para a RedeTV! e transformar a programação num culto interminável. Tudo isso num canal com Ferraris guardadas, como disse o Ricardo Feltrin.

* Referência inevitável ao slogam "A televisão do ano 2000", da Rede Manchete (ano em que completaria 17 anos - a RedeTV! completará 17 anos em 2016).

Comentários

  1. Anderson,

    fico triste com essa situação toda na Rede TV!, temo que a Rede TV! vire um canal loteado(tipo CNT) ou algo muito pior(parar nas mãos do Apóstolo Waldemiro), seria deprimente isso ocorresse, sou evangélico e deixei bem claro que sou contra esse tipo de coisa, onde se viu 22 horas de supostos milgares?
    Aliás, outras emissoras evangélicas como a Boas Novas e RIT tem conteúdo secular na programação

    ResponderExcluir
  2. Pois é, a programação do apóstolo Valdemiro, indepdendente de convicção religiosa, não é feita pra televisão - e muita gente confunde isso.

    Tem um post aqui de quando a igreja ia começar a ocupar a Rede 21 que tem comentários de pessoas elogiando a igreja, como se reclamar da exibição de uma mesma coisa 22 horas por dia significasse reclamar da igreja, recriminar o apóstolo ou duvidar dos milagres.

    Sou contra esse excesso de canais religiosos com ou sem programas seculares, até porque geralmente são canais arrendados, que não "nasceram" pra isso. Dou o exemplo da Rede 21: quem deu a concessão do canal 21 de São Paulo para o Grupo Bandeirantes não imaginava ter 22 horas de culto por dia!

    ResponderExcluir
  3. O post que falei é esse aqui: esse aqui: http://midiaclipping.blogspot.com/2008/08/igreja-mundial-ter-22-horas-dirias-na.html

    ResponderExcluir
  4. Amigos se preparem, pelo andar da carruagem a rede tv vai virar emissora evangélica, ou do RR soares ou do Asqueroso Valdemiro Santiago, esutem o que estou falando... e nós como ficamos nessa história??? KD o ministério das Comunicações???? eta paisinho de 5º....

    ResponderExcluir
  5. Anderson,

    o pior de tudo isso, todos os profissionais da Rede TV! podem ser demitidos para que o Ap. Waldemiro faça um desastre deste.

    deixo bem claro, que não sou contra igreja nenhuma, não falo contra eles, mas o absurdo está na overdose televisiva que ele faz em várias redes de exibir o mesmo conteúdo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…