Pular para o conteúdo principal

Mit FM entra para a lista das rádios customizadas que deixam de existir do dia para a noite


Há quase três anos perguntei qual o futuro das rádios customizadas. Hoje, com texto mais direto e com menos especulações, a resposta é fácil: nenhum.

Não importa se uma emissora customizada vá bem ou mal de audiência, se ganhe ou deixe de ganhar prêmios, se tenha ou não anunciantes e, principalmente, se tenha gente trabalhando e ouvintes.

Depois da Oi FM, transformada numa Rádio Oficial do Verão que, mesmo antes do verão acabar, já demonstra estar nas últimas (no Rio de Janeiro vai dar lugar à Jovem Pan e em Ribeirão Preto vai ser substituída pela antiga Melody FM - e nas outras praças continua com futuro incerto), agora é a vez da Mit FM ser desmontada.

O blog Cheni no Campo adiantou, no domingo (12), que a Mitsubishi FM deixaria de existir no próximo dia 05. Nesta terça, outros sites, como o Tudo Rádio.com e o Meio & Mensagem publicaram a informação, já confirmada pelo Grupo Bandeirantes.

De acordo com matéria do Meio & Mensagem, a Band alegou que "o patrocinador decidiu antecipar a rescisão do contrato e colocar fim na operação da rádio". Simples assim, como o slogam da outra empresa que nomeava rádio.

A matéria ainda comenta que, no último trimestre, a Mit FM "conseguiu incrementar em 50% a sua audiência média" e que ela havia ficado na sexta posição entre os Veículos Mais Admirados, lista elaborada pelo próprio Meio & Mensagem. Tudo inútil.

Com o fim da Mit FM, o Grupo Bandeirantes vai devolver a frequência para a Rede Mundial, que pode voltar a Scalla instrumental, a Scalla adulta que estava no ar em 2008, Terra FM, a reprise de alguma de suas emissoras AM, o apóstolo Valdemiro Santiago, o David Miranda ou qualquer coisa para tapar buraco. Afinal de contas, tanto faz.

A conclusão que se chega é que os concessionários e/ou locatários de concessões (é, essa situação ilegal que é comum no país inteiro) são os que menos se interessam pelo Rádio.

Comunicação é um mero detalhe nas rádios customizadas e, por que não dizer, nas grandes rádios. A impressão que se tem é de que não existe a menor intenção em desenvolver um projeto de longo prazo, ou a mínima preocupação artística com o canal e, principalmente, de que não existe nenhum respeito aos profissionais de rádio ou ao público que acompanha a programação das emissoras.

Rádio não é só música. Aliás, é justamente tudo o que tem além da música.

Muita gente que conheço diz não ouvir rádio. E os grandes e competentes grupos de comunicação do Brasil contribuem para que cada vez menos gente ouça - ou pelo menos para que cada vez menos gente se entusiasme.

Comentários

  1. É uma pena, era a única rádio que eu ouvia.
    Agora sim eu posso dizer que não escuto mais rádio. Estou aposentando de vez esse aparelhinho.

    ResponderExcluir
  2. Se voltar a Scalla, seria a melhor coisa a acontecer...

    ResponderExcluir
  3. É impressionante o descaso... essa rádio (mit fm) é a melhor rádio q eu já ouvi... é mesmo uma pena q uma rádio com tanta qualidade, seja musical, comercial e ou jornalistica seja extinta... lamentável!

    ResponderExcluir
  4. A MIT FM NÃO PODE PARAR !
    Abaixo Assinanado.org !!!É só clicar no link e assinar:
    www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/9393
    Divulga ai por favooooooooooooor !!!

    ResponderExcluir
  5. Lamento o fim da MIT FM, ultimamente essa era a minha rádio preferida, ela tinha qualidade musical e jornalistica. Simplismente lamentável.

    ResponderExcluir
  6. A MIT era minha rádio preferida, mas infelizmente as forças ocultas que rondam na calada da noite é mais uma demonstração de descaso para com o ouvinte, infelizmente terei que buscar uma rádio completa ou tentar escutar uma rádio completa, pois acho que será dificil alguma rádio cubrir essa lacuna.É lamentavel

    ResponderExcluir
  7. "puxa, uma rádio além de boa,
    uma programação com versões incríveis,
    uma pena, fiquei triste, pois demorei tanto tempo para encontrar uma rádio como essa...

    Volto para minha tribuna soft de apucarana, que também é uma rádio incrível, indico para todos os fãs da mit"
    um abraço, temos que continuar, e copio a frase acima "Rádio não é só música. Aliás, é justamente tudo o que tem além da música!"

    e música como era escrito no vinil, música é cultura! (marcos sousa)

    ResponderExcluir
  8. TAMBÉM ESTOU ME SENTINDO DE LUTO. APERTO NO PEITO MESMO. QUANDO ME RECUPERAR VOU FAZER UMA BALADA "MIT FM", VOU TENTAR TRAZER OS LOCUTORES E TUDO MAIS, VAMOS VER, SEM A MIT, TOTALMENTE, NÃO VAMOS FICAR!!!

    DJ RONIE

    ResponderExcluir
  9. E mais uma vez vou ficar sem rádio para ouvir!

    ResponderExcluir
  10. The best radio station in SP has been pulled from the air because of bureaucratic BS. What a great shame! Come on Brazil get your act together.

    ResponderExcluir
  11. NUNNNNNNNNNNNNCA.... ESSA RADIO SCALLA INSTRUMENTAL NUNCA PODE VOLTAR!!! VAMOS LUTAR CONTRA ISSO GALERA...! ABÇS AOS OUVINTES DA NOSSA QUERIDA E JÁ SAUDOSA, MIT FM.

    ResponderExcluir
  12. Agora só falta acabarem com a Kiss FM e a Sulamérica Trânsito pro mundo acabar de vez...

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Grupo Bandeirantes por essa decisão LAMENTÁVEL, oras com o poder que vcs tem, era só arrumar outro patrocinador, tempo vcs tiveram.
    O jeito é incentivar todos os enlutados a boicotar todos os meios de comunicação de vcs.

    ResponderExcluir
  14. Depois da 89 Rock que "sumiu" da mesma maneira a MIT era a melhor disparado das outras ... Meu Deus ainda bem que criaram o pendrive ...

    ResponderExcluir
  15. é muito absurdo mesmo,uma total falta de respeito aos ouvintes;primeiro acabaram com a extinta 89 a radio rock e transformaram nessa me*** que é atualmente e agora acabaram com a mit que eu também curtia muito,lamentavel...
    é esperar pra ver qnt tempo eles levam pra acabar com a kiss;

    ResponderExcluir
  16. Como foi dito acima, não há a mínima preocupação artística com o canal, não há respeito aos profissionais de rádio ou ao público que acompanhava a programação.
    A falta de "lucro" deve ter promovido sua extinção. Os ouvintes deveriam boicotar tudo que envolve o grupo bandeirantes e a marca mitsubish. De minha parte, começo já.

    ResponderExcluir
  17. Que b...a viver sem a Mit FM esta complicado.

    ResponderExcluir
  18. Estou boquiaberto com esta notícia! Entrei no site para ouvir a rádio e fui direcionado ao site do grupo bandeirantes....
    Aí tentei digitar o endereço, vai que tinha digitado errado...e nada!
    Aí procurei no Google e achei estas informações.
    Absurdo! Sabemos que tudo envolve dinheiro. Não precisamos ser hipócritas, mas tem tanta coisa ruim no dial, e quando aparece uma ótima opção acontece isso.
    Simplesmente lamentável.

    ResponderExcluir
  19. estou junto com essa galera para fortalecer e poder escutar musica de qualidade e com locutores e programadores que saibam realmente cativar e respeito pelos ouvintes

    ResponderExcluir
  20. Realmente estou muito triste com o fim da Mit FM, a melhor rádio de SP...
    Está difícil ouvir algo no carro hoje em dia...
    Espero que voltem logo, pois já faz muita falta.

    ResponderExcluir
  21. I am really impressed with your writing skills and also with the layout on your blog.

    Is this a paid theme or did you modify it yourself? Anyway keep up the excellent quality writing, it's rare to see a nice blog like this one these days.
    my webpage - mortgages

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…