Pular para o conteúdo principal

Mix FM retorna a Curitiba e substitui a 91 Rock

Do Tudo Rádio.com:

Informação oficial: a Rede Mix de Rádio confirmou o seu retorno a Curitiba ainda em 2011. Após um curto período de tempo ausente do mercado da capital paranaense, a rede controlada pela Mix FM 106.3 de São Paulo passará a operar novamente no mercado curitibano. A intenção da rede é retomar as atividades até o final de novembro (provavelmente na terceira semana desse mês), substituindo a 91 Rock FM 91.3 no mercado da capital paranaense.

A futura Mix FM 91.3 de Curitiba ainda não tem data de estréia definida, mas a intenção da rede paulista é iniciar as operações na capital paranaense logo após a inauguração da Mix FM 98.1 de Santos (litoral paulista), fechando o ano de 2011 com duas inaugurações já consolidadas de afiliadas consideradas importantes para a atividade da rede. A Mix FM retornará a Curitiba após ficar ausente do mercado durante um curto período de tempo, situação causada pelo encerramento da afiliada que operava em 92.9 FM.

Trajetória da Mix FM em Curitiba

A Mix FM iniciou suas operações na capital paranaense em dezembro de 2005, tendo a 92.9 FM como uma de suas primeiras afiliadas. Durante o período de operação em Curitiba a Mix FM 92.9 chegou a ocupar a liderança no segmento jovem/pop entre 2007 e 2009 (dados do Instituto Ibope), mesmo tendo um sério problema de cobertura de sinal na capital paranaense (a torre da estação está localizada em Campo Largo, fato que contribuía com a presença de áreas de sombra em Curitiba).

Impedida de comercializar devido o caráter de sua concessão (educativa), a 92.9 FM encerrou os trabalhos como Mix FM em 1º de abril desse ano, mesmo após uma trajetória considerada positiva pelo mercado local. A passagem da Mix por Curitiba facilitou a possibilidade de regresso da marca da rede paulista na capital do Paraná, ficando menos de 1 ano ausente do mercado de Curitiba.

Em 91.3 FM a Mix FM terá uma estação cujo parque de transmissão está instalado em Curitiba, sendo uma das FMs mais potentes do Paraná. Essas condições técnicas deverão auxiliar a Mix nessa nova etapa de disputa no segmento jovem/pop. A data de estréia ainda não foi definida pela rádio local e pela rede paulista, mas deverá ser na terceira semana desse mês de novembro.

O fim da 91 Rock, sucessora da antiga 96 Rock & News

A reestréia da Mix em Curitiba também marca a saída da 91 Rock FM, rádio que iniciou suas transmissões na mesma época que a Mix chegava em 92.9 FM (na virada de 2005 para 2006). A 91 é a sucessora da 96 Rock & News FM 96.3, rádio que operou em Curitiba entre 1997 e 2005, canal que hoje é ocupado pela BandNews FM 96.3.

Em números de audiência a 91 Rock nunca chegou a incomodar as outras bandeiras do segmento jovem/pop, ficando distante de rádios como Transamérica FM 100.3, Jovem Pan 2 e a própria Mix FM nas medições de audiência. Desde o inicio do ano a 91 tem enfrentado uma forte concorrência motivada pelo crescimento da Mundo Livre FM 93.9, rádio que não assume uma bandeira "rock"”, mas possui uma grade musical puxada para esse estilo.

Apesar do desempenho razoável de audiência, a 91 Rock é considerada uma rádio forte comercialmente, além de ter uma marca valorizada (sendo inclusive premiada nacionalmente em diferentes momentos de sua curta trajetória). O forte da 91.3 FM sempre foi as peças publicitárias relacionadas a emissora, veiculadas na rádio e nas ruas (principalmente durante a mudança de 96.3 FM para 91.3 FM).

Ao contrário da 98 FM no litoral de SP, a 91 Rock de Curitiba ainda não confirma durante a programação a estreia da Rede Mix, mas dá sinais de que será mais uma a integrar o time das "ex-FM" (transmitindo apenas pela Internet). Vinhetas anunciam "uma nova programação" e "um novo jeito de ouvir o Rock", "sem fronteiras" e "de Curitiba para o mundo".

No Twitter, as mensagens seguem a mesma linha:




UPDATE (20/11):
Mix FM volta a Curitiba na próxima sexta

Comentários

  1. Mix FM tá virando "serial killer" de rádios voltadas pro rock. Em 2008, substituiu a Vila Velha FM em Ponta Grossa (PR); recentemente, a 98 da Baixada Santista e agora, possivelmente a 91 Rock.

    ResponderExcluir
  2. A Mix é apenas mais do mesmo. Não tem nada de especial na programação. Toca as mesmas porcarias da Jovem Pan e Transamérica. Não se destaca. A 91 Rock ainda tem um conteúdo melhor.

    ResponderExcluir
  3. Estão conseguindo acabar com a rádio que é de Curitiba, nãqo queremos uma franquia de rádio paulista, vão acabar com a uma das melhores rádios de da cidade, temos a Mundo Livre e a 91 que realmente sabem tocar as melhores músicas.

    Maurício

    ResponderExcluir
  4. PQP! Uma rádio a menos no meu dial ! Órfão de novo.

    ResponderExcluir
  5. Helo salve sou aouvinte de primeira da 91 ouço a mundo livre mais 91 vai deixar saudades...Domingo classic rock é radical tocando classicos dando jus ao nome "rock"...

    Curitiba capital do rockk..
    marcioxpira
    xpira@bol.com.br

    ResponderExcluir
  6. Não se preocupem logo o Bispo Valdomiro Santiago(Igreja Mundial) compra novamente essa emissora da Mix...

    É BRINCADEIRA, O GRUPO GRPCOM, COM SUAS MERDAS, VIRAIS, CONTINUAM MANDANDO...CHEGA DE MUNDO LIVRE, LIBERA, LÁ SÓ PRESTA A MARGO!!! Poxa estou indiganado!

    ResponderExcluir
  7. A Mix é muito ruim, fica tocando aquelas drogas de hip hop americano, insuportável.

    ResponderExcluir
  8. para os orfãos do bom e velho Rock 'n' roll resta a RST Radio Rock, a melhor radio Web do verdadeiro rock, deem uma conferida na programação da RST.

    www.rstradiorock.com.br

    ResponderExcluir
  9. A MIX é uma droga, só se instalou na 91.3 para tentar roubar os ouvintes desinformados....

    ResponderExcluir
  10. que merda cara, a única radio que eu ouvia já era... mix fdp

    ResponderExcluir
  11. Se você xinga alguém, corre o risco de ser acusado de calúnia e difamação. Se vem uma rádio de MERDA dessas e cobre uma que era boa, do que vai ser acusada???

    ResponderExcluir
  12. que merda,91 rock volta pq mix é insuportavel

    ResponderExcluir
  13. destroem rádios diferentes pra "expandir" uma redezinha paulista qualquer, que toca o mesmo que qualquer outra jabazeira como Jovem Pan 2

    ResponderExcluir
  14. "Eu tô na mix, MIX, miíx, só ouço a mix, Mix, a programação da mix, MiX" PUTA QUE PARIU. era tão bom ouvir a 91ROCK. agora a gente escuta os caras repetirem 1000 vezes MIX (a rádio diferente).. que só passa lixo. Era só o que faltava. x_x

    ResponderExcluir
  15. OLA! Estou na MIX FM CURITIBA ,no radio , quero ouvir no computador. Não consigo localizar.Pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  16. OLA!! Estou ouvindo MIX FM CURITIBA,gosto muito , procuro ouvi-la no computador , não consigo localiza-la .Pode me ajudar?Obrigado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…