Pular para o conteúdo principal

Laura Mattos: Crise do grupo Silvio Santos ocorre no pior momento para o SBT

Artigo da Laura Mattos publicado na Folha no último domingo (14). A jornalista relaciona, sem exageros, a crise financeira do Grupo Silvio Santos e o momento atual do SBT.

O mercado foi surpreendido na semana passada com a notícia de que todas as empresas de Silvio, o SBT inclusive, foram colocadas como garantia em um empréstimo de R$ 2,5 bilhões, que visa salvar o banco do grupo, o PanAmericano, da falência. À Folha, na quinta, o empresário afirmou que venderia o SBT para alguém que assumisse a dívida.

E é justamente agora, quando as eleições terminaram e o ano chega ao fim, que os anunciantes definem seus investimentos para 2011. A fim de conseguir descontos, nesta época do ano já negociam cotas de longo prazo.

A onda de notícias negativas, entre elas a suspeita de que houve fraude no banco, e a incerteza sobre o futuro do SBT podem refletir na decisão do mercado publicitário, para diretores de mídia entrevistados pela Folha.

Há uma expectativa de que anunciantes decidam não comprometer a verba por um período longo e trabalhem com a compra "picada", mês a mês. Isso pode atrapalhar o planejamento da programação de 2011.

É também possível que empresas pleiteiem desconto maior, em troca da compra de anúncios em um momento delicado. Normalmente, as TVs reduzem os preços em 30% na compra antecipada.

Outra aposta no mercado é a de que o governo possa aumentar a publicidade de estatais nos intervalos do SBT, concedendo ajuda indireta à crise gerada pelo PanAmericano, de quem a Caixa Econômica Federal virou sócia.

A Secom (secretaria de comunicação do governo), responsável por distribuir a verba publicitária, não informa quanto cada rede recebe.

Consultor de mídia e ex-conselheiro comercial do SBT, Antônio Rosa Neto afirma "que o mercado publicitário tem consciência da importância da sobrevivência da emissora". Para ele, o SBT não deve ser prejudicado com a crise. "Anunciantes olham o resultado de ibope."

O diretor comercial do SBT, Henrique Casciota, afirmou, por meio da assessoria, que "os anunciantes e as agências de publicidade estão atuando normalmente".

O SBT, contudo, passou a negociar o aluguel das madrugadas com evangélicos.

Na quinta, entrou no ar nos intervalos da emissora comunicado dizendo que "o SBT e outras empresas que valem no mercado mais do que o empréstimo estão absolutamente garantidas" e que "as pessoas e empresas que confiam no grupo Silvio Santos não terão prejuízo".

Na sexta-feira, a Bandeirantes, que sonha tirar o terceiro lugar do SBT, publicou anúncio dizendo que "confiança é tudo" e que "o mercado está de olho na Band".

Silvio Santos, em gravação do programa "Topa Tudo por Dinheiro" (Cris Bierrenbach - 2.nov.1992/Folhapress)

TV FELIZ

A crise se soma a um histórico de queda de audiência e redução de salários no SBT.

Há dois anos, a rede perdeu para a Record a vice-liderança no Ibope. Silvio fez recentemente uma ofensiva contra megassalários. Hebe, entre outros, teve salário reduzido, e Ratinho deixou de ser contratado para se tornar "sócio". Isso significa que não recebe do SBT e lucra com anúncios do programa.

Raul Gil se ofereceu para trabalhar no SBT e Silvio concordou, contanto que aceitasse ser "sócio", sem salário. Esse tipo de sociedade vale também se o programa der prejuízo, que tem de ser dividido entre SBT e artista.

Essa também foi umas das razões pelas quais Gugu Liberato trocou o SBT pela Record. Em 2006, quando foi renovar seu contrato, recebeu de Silvio essa proposta.

Aceitou, até porque seu programa lucra bem. Mas a Record lhe propôs, em 2009, além de salário, um contrato de oito anos, enquanto o SBT ultimamente só assina por seis meses ou um ano.

Marília Gabriela foi uma das que assinaram contrato por apenas seis meses.

Outra dificuldade de funcionários do SBT, que lançou o slogan "A TV Mais Feliz do Brasil", é lidar com a administração familiar.

Íris Abravanel, mulher de Silvio, é consultora de dramaturgia. Daniela Beyruti, sua filha, diretora artística.

Silvio, contudo, ora dá carta branca a ela, ora lhe corta o poder. Nesses momentos, chega a tirar do ar programas escolhidos pela filha, como fez com séries americanas.

No SBT, apesar do clima de apreensão, Silvio manteve a rotina de gravações. Mas já avisou que não quer comemoração para seu aniversário de 80 anos, no dia 12/12.

Termina de gravar seus programas na primeira semana de dezembro e possivelmente vai para sua casa em Orlando, na Flórida (EUA), onde poderá passar o aniversário anonimamente.


Folhapress (reprodução). Clique para ampliar em uma nova aba ou janela.

Comentários

  1. Esse caso do SBT é mais uma sinuca de bico - se vender o bicho pega, se não vender o bicho come. o SS disse que a emissora não rende 50 milhões, que era mais lucrativo ter banco e deu no que deu. Se não é tão lucrativo, pelo menos deveria tratar com mais profissionalismo a emissora como fonte geradora de lucros indiretos, pois sem SBT não tem divulgação os produtos do grupo, como Jequiti, Tele Sena e outros.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentaç…