Pular para o conteúdo principal

Especial: As vinhetas de abertura e encerramento da programação na TV

Antes da TV paga ou da multiplicação de televendas e telepastores, era padrão as emissoras de TV não permanecerem no ar 24 horas por dia. No máximo, a Globo "virava" as noites de sexta e sábado com o lendário "Corujão"; as demais - incluindo a Globo em outros dias - só funcionavam de madrugada em ocasiões esporádicas e especiais.

Por isso, quase todas se preocupavam em criar vinhetas específicas para a chegada e despedida diárias. E, diferente do que se esperaria de vinhetas exibidas duas vezes por dia nos horários mais periféricos da grade, muitas delas foram marcantes na história das emissoras e são lembradas até hoje.

Preparei uma lista com algumas das mais famosas. Os vídeos são antigos e estão no YouTube há muito tempo, mas são alguns dos meus favoritos - e imagino que não sejam só meus.


GLOBO

Nos primeiros anos de Hans Donner, uma sequência de formas tridimensionais ilustrava a mensagem de encerramento:


Na década de 1980, a mensagem foi substituída pela apresentação da programação. Veja esta gravação de 1985:


A trilha de fundo foi trocada pela música "Liberty", de Steve Vai. A música foi estilizada posteriormente, mas, em 1994, era utilizada na versão original:


O anúncio da programação do dia seguinte é usado até hoje, nos dias em que a Globo sai do ar para manutenção técnica dos transmissores. Veja esta gravação de 2010 - sem a música de Steve Vai:



TUPI

A Rede Tupi exibia, na década de 1970, um clipe de três minutos com imagens de bastidores, editadas de forma impecável. A trilha era executada pela orquestra da emissora:



MANCHETE

A vinheta do "M" sobrevoando cidades brasileiras e pousando sobre o prédio da Manchete no Rio de Janeiro, criada em 1983, combinava a tecnologia vista nas vinhetas da Globo ao "calor" da vinheta da Tupi. Foi exibida durante todo o período em que a Rede Manchete esteve no ar e continua sendo uma das mais lembradas do canal:



BANDEIRANTES

Uma das mais simpáticas da TV. Imagens de bastidores, um letreiro com a lista de emissoras próprias e afiliadas e um jingle marcante: "Nós queremos você sempre aqui / Gostamos tanto de você". Ficou no ar até a década de 1990:



SBT

A melhor descrição dessa vinheta foi feita pelo Hamilton Kenji Kuniochi, do blog O Baú do Silvio:

Da tela da televisão surge o mapa do Brasil visto do espaço. Um satélite despeja o sinal do SBT sobre as cidades em que a emissora opera, identificadas por pontos de luz no mapa. Muitas crianças tinham muito medo dessa vinheta ou não entendiam nada, fazendo as mais bizarras interpretações. Umas achavam que o Brasil estava pegando fogo e o satélite era um chuveirinho, jogando água, enquanto outras simplesmente achavam que o satélite era uma lata velha com a tampa aberta derramando algo sobre a Terra... desde 1996 essa vinheta não é mais exibida.

Comentários

  1. Ótima ideia de trazer as vinhetas antigas, reavivar a memória é muito bom.
    Excelente trabalho de busca e comentários sobre as vinhetas tão importantes da TV Brasileira.

    Eduardo Fausto

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Anderson!
    Gostava muito da vinheta da Manchete. O fim dessa emissora foi uma grande perda para a televisão brasileira.
    Quando puder, dá uma passada lá no meu blog, tem coisa nova por lá...
    Obs.: já votei no MidiaClipping para o Top Blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. De todas as vinhetas,o que mais gostei foi o da Manchete.Eu acordava bem cedinho só para ver o "M" voando e passando por várias cidades até chegar no prédio sede da emissora no bairro da Glório no RJ.Tempo bom como esse não volta mais....

    ResponderExcluir
  4. O da Band acho ser mais interativa para com o telespectador e simboliza uma cumplicidade.
    A Band nos tempos do 'Corujão' era a que saía do ar mais tarde, o próprio vídeo mostra o relógio que dava 2:45 da manhã. Era um recorde, nos dias de semana a Globo já estava fora do ar, assim como SBT.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Eu lembro da vinheta do SBT, acho que tinha uns 4 ou 5 anos, além das imagens, a musica do fundo me fazia arrepiar.
    Certa vez, tive um pesadelo, com aquele homem de costas que aparece no inicio da vinheta, no pesadelo que eu tive ele virou e vi o rosto dele era de uma caveira.
    kkkkkkkkk
    Hoje acho engraçada a forma que eu temia essa vinheta, aliás criança é muito bobinha mesmo, e a vinheta me trás lembranças de minha infancia!

    ResponderExcluir
  7. eu assistia esse encerramento da rere bandeirantes todos so dias.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. São todas muito legais... e sei que marcaram
    época, mas senti falta de uma
    especial que marcou minha infância. A abertura e
    encerramento do canal 6 no paraná com o clip
    narrado por Cid Moreira
    que trazia por titulo
    "Desiderata"
    Gostaria de poder ver ele aqui também.

    ResponderExcluir
  10. eu morria de medu do encerramento do SBT
    akela musica era muito pesada, dava uma sensação estranha

    ResponderExcluir
  11. Bom dia! Alguém sabe o nome da música de encerramento da programação do sbt?

    ResponderExcluir
  12. Essa da Band eu acho muito legal. Passa uma nostalgia muito boa. A do SBT eu uso como toque de celular. As demais são boas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Relembrando a Líder FM de São Paulo

Em janeiro deste ano, publiquei aqui e no Tele História um post sobre o curto período em que a Líder FM, emissora popular da Grande São Paulo de grande audiência nos anos 90, adotou o slogam "Cheia de Charme" e passou a se dedicar à Black Music. No final do post, pedia para quem tivesse mais informações sobre esse período enviasse comentários, para que todo mundo que lê o blog e a coluna do Tele História - inclusive eu - pudesse resgatar um pouco da história dessa simpática emissora que acabou caindo um pouco no esquecimento.

De lá pra cá, recebi comentários de pessoas relembrando a Líder FM dessa e de outras fases. Alguns são tão bons que me deixaram, já na época, com vontade de escrever um novo post só para que eles ficassem mais "visíveis".

Nesta terça-feira, o Edmauro Novais, que teve participação essencial no primeiro post, enviou imagem da capa de outro CD da rádio na fase Black, retirada de um blog que disponibiliza a playlist e o link para download do CD. Foi…

Um pouco da história da Rádio Tupi AM (SP)

Muita gente reclama da "falta de memória" da TV, não só pelo descaso das emissoras que apagavam seus arquivos sem a menor culpa, mas também pela dificuldade em encontrar informações consistentes e confiáveis sobre a história da televisão. Quem reclama tem razão, mas essa falta de memória nem se compara com a escassez de registros sobre a história do rádio!

Tive que procurar, para um trabalho, a história da Tupi AM de São Paulo, e descobri que não existe nenhum lugar que traga essas informações. Para se ter uma ideia, não consegui encontrar nem o ano em que a Tupi AM de Paulo Abreu foi inaugurada!

Encontrei alguns dados em diversos endereços na Internet - faço questão de deixar os links ao longo do texto - que, aliados ao pouco que lembrava, me ajudaram na montagem do quebra-cabeças da trajetória (ou das trajetórias) da Tupi.

O resultado não ficou tão completo quanto esperava, mas deixo aqui o que encontrei, primeiro por não ter visto essa história resumida em nenhum lugar, e de…